Crie funções serverless para enviar notificações push

Resumo

O desenvolvimento móvel pode ser bem simples. No entanto, quando você começa a desenvolver o back-end, seu trabalho pode se tornar desafiador. A construção do back-end resulta em tempo adicional no seu ciclo de desenvolvimento e a criação de escalabilidade e resiliência ainda oferece outro desafio. Para aliviar algumas dessas dificuldades, esse padrão de código explora o uso de um back-end para seu aplicativo móvel.

Uma abordagem serverless permite executar seu código ou funções com base em eventos. Como desenvolvedores, não é necessário provisionar ou gerenciar servidores. Você pode dedicar mais tempo ao desenvolvimento de seu aplicativo móvel. O back-end pode ser tão simples quanto realizar o push de seu código na plataforma serverless.

Este padrão de código demonstra o uso de notificações push com um back-end serverless. É fácil criar funções que você pode planejar para execução em períodos específicos. Essa abordagem é útil, especialmente quando você deseja enviar automaticamente notificações push para seus usuários. A automatização de suas notificações para que sejam enviadas em momentos específicos lhe dá a capacidade de realmente engajar seus usuários e de enviar mensagens apenas no momento certo.

Esse padrão demonstra um aplicativo de alerta climático que pode notificar usuários sobre o clima para o próximo dia. Ele usa o IBM Cloud Functions como o back-end, o serviço de notificação push e os dados climáticos oriundos das APIs do OpenWeather. O aplicativo permite que os usuários selecionem suas cidades, sobre quais tipos de clima eles desejam receber notificação e quando eles desejam receber as notificações.

Com esse padrão de código, é possível tentar alavancar notificações push móveis com uma abordagem serverless. Veja como você pode estar apto a aplicá-lo aos seus próprios aplicativos móveis.

Descrição

Esse aplicativo demonstra como usar o IBM Cloud Functions (baseado no Apache OpenWhisk) como um back-end móvel serverless e como uma maneira de enviar notificações push aos usuários do aplicativo. O caso de uso de exemplo mostra como as ações trabalham com o aplicativo móvel e ele executa ações que enviam notificações em um momento específico usando uma configuração de tarefa cron.

As funções serverless são usadas como o back-end do aplicativo móvel. O aplicativo móvel é um aplicativo de alerta climático simples que realiza o push de notificações para o clima no próximo dia. As funções serverless usam dados climáticos e processam quais dados são enviados e quais assinantes recebem os dados. Uma ação é chamada no aplicativo móvel para criar uma tag de notificação push e criar um gatilho cron. O gatilho cron é usado para planejar as ações e o horário do dia para executá-las.

Nesse padrão de código, você aprende os seguintes skills:

  1. Criar e implementar o Cloud Functions.
  2. Disparar o Cloud Functions usando cron em um gatilho de alarme.
  3. Usar notificações push móveis com o Cloud Functions.

Os componentes e serviços a seguir são usados nesse padrão de código:

Fluxo

fluxo de notificações push de funções serverless

  1. O usuário se inscreve para uma cidade, escolhe os tipos de clima nos quais se inscrever e seleciona o horário para receber a notificação.
  2. O aplicativo móvel chama uma sequência de função de nuvem por meio de uma API de REST que cria uma tag de notificação push.
  3. A ação seguinte na sequência é chamada. A ação interage com a estrutura do Cloud Functions para criar um gatilho cron com os dados necessários, como local e tipos de clima.
  4. O gatilho é disparado no momento específico definido pelo usuário e chama uma sequência por meio de uma regra configurada. A ação chamada obtém os dados das APIs do OpenWeather.
  5. A ação seguinte na sequência recebe os dados e cria a mensagem de acordo com o que o usuário solicitou para um tipo de clima específico.
  6. A ação seguinte na sequência cria uma interface com o serviço de notificação push, que finalmente realiza o push de uma notificação para o usuário.

Instruções

Localize as etapas técnicas detalhadas para esse padrão de código no arquivo README.md no repositório do GitHub.

  1. Clone o repositório.
  2. Crie o IBM Cloud Services.
  3. Implemente o Cloud Functions.
  4. Configure as credenciais.
  5. Ative o aplicativo móvel.